quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Contato

Impaciente, resolvi dar uma volta de bicicleta pelos arredores. O calor chegava a ser um tanto que incômodo, ainda por cima tinha a ajuda da terra vermelha e batida que passava por baixo da minha roda. Pensativo e sozinho dispunha de bastante tempo para debater comigo mesmo tantas idéias mal resolvidas. Cada pedalada ia me afastando pouco a pouco da civilização e ganhando o silêncio da natureza. Enfim, estávamos eu e ela. Eu um tanto destrutivo e ela toda poderosa. Desci e sentei-me rente a montanha e suas árvores. “Estava precisando de um pouco disso!”, havia pensado comigo mesmo.

Refleti sobre momentos bons e ruins, em meio a tanto stress do cotidiano sempre conseguia lembrar-me das coisas boas. Pensei nas pessoas que valiam à pena e nas que mereciam talvez uma segunda chance. O tempo amolece a gente, deixa mais vulnerável em certos aspectos que a gente nem percebe. Precisava mudar alguma coisa, mas não fazia idéia do que era. Seria o cabelo, uma roupa diferente, uma tatuagem nova?

Alguém próximo talvez estivesse precisando de mim? Não hesitei em ligar para uma amiga. Algumas coisas ruins andaram acontecendo com ela. Falei algumas palavras positivas e pude perceber que quando demorava a responder é que estava ocupada soltando um singelo sorriso, a conhecia bem. A vida é uma matéria a ser estudado com afinco, e você só aprende quando sai da teoria para a prática.

3 comentários:

Pri disse...

Acho q esse virou meu post favorito escrito por vc Paolo. Um dos mais verdadeiros, com certeza...
Um beijo grande...
Saudades gorila...

Gui Maldotti disse...

me falta a pratica...
abraço gorila! hahaha!

yvoninha disse...

oi obrigado por ter gostado do meu blog, pena q oq vc mais gostou lá não fui eu q compos hehe, é uma musica msm.. depois passa la d novo, postei o video, as vzes coloco algumas musicas e texto q tem a ver comigo e acontece msm das pessoas confundirem.. enfim flando agora do seu blog, já no primeiro post que li, adorei a prosa. no começo de ano sempre é assim, queremos mudar tudo, queremos mudar nós mesmos, e isso não é fácil. é sempre o tempo de achar sabedoria nas coisas que passaram e seguir em frente. eu to exatamente nessa fase, não só por causa do começo do ano, mas muitas coisas precisam mudar na minha vida que eu fiquei acumulando, agora parece q explodiu tudo na minha cabeça... enfim o texto mexeu msm comigo!